A entidade disse que 64 milhões de pintinhos e frangos já morreram no País

Em greve há uma semana, caminhoneiros exigem redução do preço do óleo diesel e aumento no valor do frete.

A Grande Natal começa a semana com a frota de ônibus reduzida por causa da greve dos caminhoneiros. Na capital, os postos de combustíveis foram reabastecidos no final de semana, mas em alguns ainda se formam filas. O abastecimento de gás de cozinha também está comprometido.

Nas BRs e rodovias estaduais ainda há vários pontos com bloqueios parciais. Os caminhoneiros exigem redução do preço do óleo diesel e aumento no valor do frete.

Alimentos

Diretor da Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN), Geraldo Paiva Junior disse que nas grandes redes há falta de frutas e verduras. Em entrevista à imprensa na manhã desta segunda (28), ele alertou que a situação pode ficar mais complicada a partir da quarta-feira (30).

Negociações

O governo do estado montou um gabinete de crise e disse que vem fazendo reuniões com as forças de segurança pública e com o Comando da 7ª Brigada de Infantaria do Exército para debater estratégias e avaliar os impactos da paralisação. Até o momento, segundo o governo, a situação está “sob controle”.

Neste domingo (27), o porta-voz do Exército no estado afirmou que as forças federais e estaduais vão atuar para desbloquear as rodovias, conforme determinação do decreto do presidente Michel Temer (MDB). “Missão dada é missão cumprida. E nós vamos cumprir”, declarou o coronel Erland Mota. Ele também afirmou que as “negociações” serão o caminho para que a ordem seja cumprida.

Contudo, segundo a PRF, ainda não houve aplicação de multas nem foi registrada nenhuma prisão relacionada aos protestos no estado.

Rodovias federais

BR-101

  • Parnamirim (km 105) – Com bloqueio parcial. Fica em frente ao Parque de Exposições Aristófanes Fernandes. É o maior ponto de interdição do estado. E foi o primeiro a ser formado, ainda na segunda (21). Apenas veículos pequenos estão passando.
  • Touros (Km 06) – com bloqueio parcial até a última atualização desta matéria.

BR-226

  • Santa Cruz (Km 109) – Com bloqueio parcial.
  • Jucurutu (Km 241) – Com bloqueio parcial.

BR-304

  • Mossoró (Km 33) – Com bloqueio parcial. Desde a terça-feira, dia 22, caminhoneiros bloqueiam esse trecho, que liga Mossoró a Fortaleza, no Ceará. Só carros de passeio, motos e ambulâncias passam.
  • Assu (Km 106) – Com bloqueio parcial.

BR-405

  • Apodi (Kms 72 e 78) – Com bloqueios parciais.

BR-406

  • João Câmara (Km 100) – Com bloqueio parcial.

BR-427

  • Caicó (Km 104) – Com bloqueio parcial. Esse trecho liga Caicó a Serra Negra do Norte. Os caminhoneiros estão bloqueando caminhões, mas permitem a passagem de carros menores.

Rodovias estaduais

Algumas rodovias estaduais também contam com paralisação. São elas:

  • RN-O16, em Assu.
  • RN-O86, em Parelhas.
  • RN-O15, em Baraúna.